O senhor Fátima, sapateiro, em tempo de guerra colonial e outras memórias

O nome do Sr. Fátima não é este, como sabem os Valesantarenos: vem-lhe do facto de ter nascido por essas bandas de Fátima. Foi sapateiro. A certa altura da vida, partiu para Angola, com a família. Tendo eu ido para a guerra colonial, para Angola, em Agosto de 1969, a minha Companhia foi colocada no Songo, cerca de 40 km a norte da cidade de Uíge, então Carmona.
Um dia, por carta, meu pai disse-me que o Sr. Fátima estava em Carmona, com a família. Procurei-os de seguida, e encontrámo-nos. Ficou assente um almoço em casa deles, e assim aconteceu. A partir daí falámos sempre que possível e matámos saudades do Vale, e do “puto” (da Metrópole) e, como eu precisasse de umas botas de futebol, para jogar no Clube Desportivo do Songo, foi a ele que recorri. O Sr. Fátima nem admitia que eu pudesse escolher outro sapateiro, e teve um orgulho grande naquele trabalho. As botas, com travessas, como era costume naquele tempo, ficaram com chancela de qualidade.
Em 1971 a companhia foi mandada mais para norte, para Santa Cruz, e foi em Outubro de 1971 que regressámos a Lisboa. Anos mais tarde, foi o regresso do Sr. Fátima e família a Portugal, voltando a viver no Vale de Santarém, estimados por todos. Algumas vezes, nas visitas ao Vale, fui vendo o Sr. Fátima e a esposa Maria, e sempre recordámos esse tempo de Angola.
A longa vida do Sr. Fátima chegou ao fim, em 31 Outubro de 2017. Um homem bom. Um amigo, meu e da minha família. Toda a minha vida ficará guardada essa imagem, com o meu eterno agradecimento. Foi uma honra tê-lo conhecido. Obrigado, Amigo. Quanto às botas, claro, continuam comigo. Enquanto vida houver. 
Na foto abaixo, estou com elas, as botas. Era ainda o tempo de, mesmo com a guerra em pano de fundo, ter o prazer de correr atrás da bola, jogar com outros, libertar energias e saltar no festejo dos golos. Agora, quando as revejo, tirando-as do velho cativeiro, numa arrecadação onde já nada fazem, a não ser reavivar em mim as memórias que lhes estão associadas, ainda lhes sinto o cheiro, ainda lhes vejo a cor dos campos do jogo da bola onde as usei: no Songo, no Uíge, no Quitexe e, mais tarde, em Santa Cruz. Campos pelados, pobres, alguns quase planos. Campos de piso areento, ou de piso de barro, ou com muita erva, ou secos e duros, ou escorregadios, quando a chuva caía e tudo alagava.  
Esta foto é uma memória muito forte, como o são tantas outras da minha vida. Nela reencontro os meus companheiros da equipa de futebol do Grupo Desportivo do Songo, um singelo clube amador da pequena vila onde estávamos aquartelados. Nela estão outros militares da companhia, assim como alguns civis do Songo. Alguns já partiram, como também aconteceu com o Sr. Fátima. E o que mais recentemente nos deixou foi o Gonçalves, 1º cabo mecânico auto. Foi no dia 20 de Abril que soubemos. Foi de súbito. E eu ainda estou a vê-lo a correr, a bola dominada rente ao solo duro, vai centrar, de pé direito, para a grande-área, em arco, entre o redondo e o tenso, alguém há-de assentar-lhe em cheio a testa, e vai ser golo, e já lá mora, Gonçalves, podes saltar, vibrar, e continuar com os calções descaídos, à malandro, podes…
Manuel João Sá
Grupo Desportivo do Songo-1970-Angola
Equipa de futebol do Grupo Desportivo do Songo-Angola-1970. Com as botas feitas pelo Sr. Fátima, sou o primeiro na fila de trás, a contar da direita. O Gonçalves é o primeiro, também na fila de trás, a contar da esquerda. Os outros militares da Companhia de Artilharia nº 2573, nesta equipa, eram: na fila de trás, o Rocha, guarda-redes (2º a contar da esquerda) e o Tavares da Silva, à sua esquerda. Em baixo, a contar da esquerda: Sousa, também já falecido, o primeiro, Batista – o  Trafaria – que é o segundo, e o último, à direita, Bernardino Castro.
 

Autor: 60emais

Português.

2 opiniões sobre “O senhor Fátima, sapateiro, em tempo de guerra colonial e outras memórias”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.