PARABÉNS À BALALAIKA !!!

Há lugares, nomes, espaços que fazem parte da nossa vida. Uns por razões positivas, outros nem tanto. A Balalayka, pastelaria lisboeta que fica na Estrada de Benfica, já perto do Calhariz, é um daqueles espaços onde sempre me senti satisfeito, bem acolhido, tranquilo, onde o serviço, na sua completude, sempre me agradou. Ou seja, não só pela qualidade dos produtos, mas também pela qualidade da relação pessoal a cargo dos empregados e do ambiente geral da pastelaria, o que a Balalayka me proporcionou correspondeu francamente às minhas expectativas e necessidades e não raramente fui surpreendido pela positiva.

A Balalayka situa-se entre duas históricas casas de Lisboa: o velho Ferro de Engomar e a também muito conhecida e referencida pastelaria Califa. Certamente pela qualidade do seu serviço, estas três casas mantêm-se há dezenas de anos a merecer a preferência do público. Poderia porém acontecer que, sendo a Balalayka a de menor dimensão, viesse a ser afectada pela concorrência das outras duas, mas não é isso que se verifica, creio eu. Investindo na sua doçaria e bolaria, continuando a fornecer pequenas refeições, em mesas e ao balcão, e utilizando uma pequena e característica área de esplanada, a pastelaria tem conseguido sobreviver, mantendo o seu design interior há muitos anos, muito bem cuidado, acolhedor, em tons de creme e castanho cor de mel e iluminação bem conseguida que, apesar do reduzido espaço, permite acolher uma clientela regular e, pelo que tenho deduzido, fiel.

Muitas vezes fui, ao longo de anos, tomar café à Balalayka, preferindo-a, pela sua tranquilidade, por uma certa pacatez, ao bulício das manhãs mais agitadas das suas concorrentes na área, menos disponíveis para um atendimento pessoal, de proximidade, dizendo melhor, amigo. Nunca utilizei o espaço de esplanada, por estar muito sujeita ao ruído e aos pós e gases vindos do trânsito, por regra intenso na zona. Também raramente utilizei a área de snack, preferindo o serviço em pé, ao balcão. A maior parte das vezes acabei por preferir o serviço de mesa, que mantenho, mesmo agora que, não residindo na zona, volto com frequência à histórica patelaria, para tomar café ou para almoçar. Noutros tempos, foi também lá que fiz parte dos meus estudos e me dediquei a escrever… coisas da vida, e essas são memórias que me ficarão para sempre.

Porque razão falo hoje aqui da Balalayka? Porque, enquanto casa que serve bem, merece o destaque que decidi atribuir-lhe. Por isso e por fazer parte da minha vida, em tantos momentos simples mas concretos em que, estar ali, foi estar bem, com prazer, quase como se estivesse em casa. E, mais ainda – e esta é a razão do momento – a Balalayka está a completar 59 anos, pois iniciou a sua actvidade em 23 de Dezembro de 1953.

Daí, os meus parabéns à Balalayka. Aos que a fundaram, certamente desde logo com uma ideia muito concreta do tipo e qualidade do serviço que queriam oferecer. Os meus parabéns aos fundadores – já terão partido, quem sabe?… –  e aos que ao longo dos tempos receberam e mantiveram a qualidade de serviço e de acolhimento que permitiram que ela se tornasse um espaço onde sabe bem estar, ou somente visitar de passagem, para um café, um simples pastel ou outra necessidade de ocasião. O que têm oferecido aos clientes decerto permitirá manter a Balalayka por muitos mais anos. Oxalá!

Parabéns, Balalayka.

Manuel

Balalaika-EstrBenfica-Lisboa
Pastelaria BALALAYKA – Estrada de Benfica – próximo do Calhariz – Lisboa

Autor: 60emais

Português.

5 opiniões sobre “PARABÉNS À BALALAIKA !!!”

  1. Este post deveria merecer da parte dos responsáveis da Balalayka uma atenção especial pelo destaque da sua sobrevivência face ao quadro negro aqui tratado que espelha bem a realidade do país. Não conheço nem o local nem os responsáveis mas conheço bem o autor deste destaque e por isso a razão da minha felicitação igualmente aos seus proprietários.

  2. Descobri hoje este post enquanto procurava saber o que encontrava pelo nome “Pastelaria Balalaika” no google. E devo dizer que adorei! De certeza que o meu pai não tem conhecimento dele, senão já mo teria mostrado todo cente onteheh ele é um dos empregados desta Pastelaria, que de certeza conhece pela simpatia, o sr. João 🙂 vou, se me permitir, guardar este texto com o respetivo link e nome de autor para nunca se perder.
    Vou obviamente dar-lhe hoje a conhecer este belíssimo texto escrito por si. Muito obrigada por este destaque 🙂

    1. Um dos empregados não são as palavras certas, mas sim responsáveis! Infelizmente não tenho a possibilidade de editar o comentário :/

    2. Olá Ana, agradeço o seu comentário e agrada-me que tenha encontrado o texto no meu blog. De facto conheço o Sr. João, seu pai, há muitos anos. Havia outro senhor mais antigo lá, o senhor Morais, que soube há um tempo que já estava reformado. Não sou cliente de me dar a conversas, agora vou menos à Balalayka porque já não resido na zona, mas quando lá volto também regresso à pastelaria sempre que preciso. De qualquer modo não acredito que o seu pai saiba, só pelo que escrevi, quem eu sou, nem isso é importante. O mais importante, em minha opinião, é que a Balalayka continue com a qualidade de serviço que mereça a confiança dos clientes, para benefício destes mesmos e dos que lá trabalham. O melhor para si, para seu pai e… para a Balalyka.
      Manuel

  3. Concordo, inteiramente, com todos os comentários positivos e elogiosos, aqui lançados e referentes à Pastelaria Balalaika. Os produtos que vende são de alta qualidade; os serviços que presta oferecem uma tónica pessoal e de proximidade que nos prende. Toda a equipa que dinamiza a Pastelaria é de excelente trato, civilizada e proporciona, sempre, pequenas conversas coloquiais, de ocasião, mas sempre agradáveis e úteis. Permito-me destacar a bonomia do Senhor Virgílio, trabalhador presistente que vem aguentando o barco com muita dignidade e firmeza.
    Parabéns a todos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.