2009 A DESPEDIR-SE

Passa da meia-noite. Aqui, neste país. Portugal. Já é dia 31 de Dezembro. Eu, na sala. Com O MEZZO, da televisão, por companhia. E com a minha mãe, já no primeiro sono. Talvez no primeiro sonho. Da última noite de 2009. Mais de oitenta e oito anos de sonhos. De cansaços. De dias, de noites, de madrugadas de labutas. De sois, de chuvas. De ventos, de silêncios. De alegrias, de mágoas. De sentir, dentro, o eclodir de outras vidas. Tantas vidas. De sentir, nas entranhas, a dor da partida. Um a um, os filhos. A caminho da própria vida.

Lá fora chove. Uma chuva certa. Bate na persiana. Rivaliza com a música de fundo do MEZZO. Arrefeceu um pouco. O aquecedor a óleo disparou. Ligou a luzinha. A esta hora, por aí, na cidade, vila, aldeia… sob a ponte, numa arcada, num vão de escada, sob uma árvore… há um homem, uma mulher, uma criança. 2009 a chegar ao fim. Para eles, tanto faz. Pior é que talvez tenha chegado ao fim o naco, o gole, o trapo, o papelão, o cigarro, a dose, a tosse, o suspiro. A lágrima. O sopro. A chuva, essa, não pára.

A árvore de Natal faz pisca-pisca. Reflexos intermitentes na janela. Cruzam-se com as luzinhas que se vêem do outro lado da praceta. Numa janela. Olho para a rua. As árvores estão despidas. Está ensopado o ninho. O ninho que ficou numa das árvores, despidas. Mas há-de ser primavera. E os pintassilgos hão-de voltar, para fazerem outro ninho, naquela árvore. Todos os anos. A renovação. Da vida. Nascimento-Crescimento-Morte. Nascimento… Ciclo. Círculo.

No MEZZO, ela canta, elegante. Memórias felizes, diz. Ainda bem. Memórias felizes. Hoje, 31 de Dezembro. É um dia de memórias. Memórias felizes e das outras. Para muitos, mais das outras. Também dia de memórias por vir. Daqui por mais um ano, que memórias deste 31 de Dezembro? Porém… Quem sabe o que será o dia de amanhã? E depois… e depois…

Ontem enviei aos meus amigos uma mensagem. Que dizia:

Não se sabe o dia de amanhã. Nem sequer se sabe o segundo que, pouco a pouco, se faz minuto, depois hora…

Mas sabe-se que há pessoas que estão mais próximas de nós, há algum tempo. Ou há muito. Ou há muito, muito tempo. E que, por algumas razões importantes, estão connosco. E que nós estamos com elas.

São nossos companheiros, na viagem que vamos fazendo. Nesta “coisa” a que chamamos vida. São familiares, ou não. Andam, agora, ao nosso lado. Ou andaram ao nosso lado, e ao nosso lado ficaram. São amigos. Pessoas que consideramos. Que nos consideram. Pessoas que eu gostaria que, em 2010, tivessem uma vida muito feliz. Com saúde. Com boas realizações pessoais e profissionais. Em 2010 e sempre!

Por isso, estas palavras-desejo, são para si/para ti, com um grande, grande abraço.

E então… vamos continuar a caminhada… eu convosco ao meu lado. Eu, ao vosso lado. Com um grande, grande obrigado!

É o que desejo também a si. Que acabou de estar este tempinho comigo. E que assim, também me deu a oportunidade de estar consigo.

Muito Obrigado. Boa Noite. Bom Dia. Boa Tarde.

Manuel Sá

Autor: 60emais

Português.

4 opiniões sobre “2009 A DESPEDIR-SE”

  1. E depois de ter estado aqui como que à conversa consigo, chegou o momento para lhe desejar a si e à sua família especialmente à sua mãe, que tanto admira, que tenham um Bom Ano!
    Agradeço-lhe os votos de Bom Ano, assim como os momentos que aqui passo a lê-lo, que com tanto sentimento escreve!
    Milu

  2. Milu

    Muito obrigado pelo que me diz e pelos votos. Eu e minha mãe agradecemos, assim como a família. Desejo muito bom 2010 para si. E cá estarei, a partilhar este prazer de viver. Agradeço estar a acompanhar-me. Até breve.
    Manuel

  3. A partir da sua mensagem no facebook cheguei aos seus blogues, que desconhecia. Tarde, mas cheguei. por enquanto li poucos textos, mas desde já obrigada pelo seu último texto de 2009. Como me revejo nele!
    Agomes

    1. Olá Anália. Seja bem vinda! Tenho andado muito ocupado com outras “coisas”. Uma delas foi a organização do último Encontro da antiga EICSantarém. Mas estou de volta…
      Obrigado. Manuel.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.